Conservação e Preservação


Segundo Paul Conway (2001), em “Preservação no universo digital”, publicado pelo projeto cooperativo
Conservação Preventiva em Bibliotecas e Arquivos, quatro conceitos descrevem o contexto para ação de
preservação:

  • custódia;
  • importância social;
  • estrutura; e
  • cooperação.

Este último conceito é bem conhecido de bibliotecários que dispõem de poucos recursos e enfrentam dificuldades para selecionar os artefatos culturais que consideram valiosos, submetendo-se a critérios que nem sempre atendem à missão de suas bibliotecas. Nesse aspecto, a abordagem de cooperação mais reivindicada pelos bibliotecários e recomendada na literatura é a REGIONAL OU ENTRE PARES.

As estratégias recentes de gerenciamento de preservação consideram que uma ação de preservação deverá ser
aplicada a um item, com o objetivo de TORNÁ-LO DISPONÍVEL PARA O USO.

Fonte: Cesgranrio – Petrobras – 2010

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s