Bibliografia proposta


ALMEIDA, M. C. B. Planejamento de bibliotecas e serviços de informação. 2. ed. Brasília: Briquet de Lemos Livros, 2000.

BUFREM, L.; PRATES, Y. O saber científico registrado e as práticas de mensuração da informação. Ci. Inf., Brasília, v. 34, n. 2, p. 9-25, maio/ago. 2005.

CAMPELLO, Bernadete Santos; CALDEIRA, Paulo da Terra (Org.). Introdução às fontes de infor mação. Belo Horizonte: Autêntica, 2005.

CAMPELLO, Bernadete Santos; CENDÓN, Beatriz Valadares; KREMER, Jeannette Marguerite (Org.). Fontes de informação para pesquisadores e profissionais. 2. ed. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2008.

CLASSIFICAÇÃO decimal universal: edição média em língua portuguesa. 2. ed. Brasília: IBICT, 1988. 2v.

CÓDIGO de catalogação anglo-americano: AACR2 Revisão 2002. 2. ed. São Paulo: FEBAB; lmprensa Oficial, 2004.

CUNHA, M. B. Manual de fontes de informação. Brasília, DF: Briquet de Lemos/Livros, 2010.

CUNHA, M. B.; CAVALCANTI, R. O. Dicionário de biblioteconomia e arquivologia. Brasília, DF: Briquet de Lemos/Livros, 2008.

CUTTER, Richard A. Cutter-Sanborn three figure author table. Littleton: Libraries Unlimited, 1969.

DEWEY, Melvil. Dewey Decimal Classification and relative index. 19. ed. New York: Forest Press, 1979.

DIAS, Maria Matilde Konkra; PIRES, Daniela. Usos e usuários da informação. São Paulo: EdUFSCar, 2005.

FRANÇA, J. L. et al. Manual par a normalização de publicações técnico-científicas. 8. ed. Belo Horizonte: UFMG, 2009.

GROGAN, Denis. A prática do ser viço de referência. Brasilia: Briquet de Lemos, 2001.

GUEDES, V.L; BORSCHIVER, S.  Bibliometria: uma ferramenta estatística para a gestão da informação e do conhecimento, em sistemas de informação, de comunicação e de avaliação cientifica e tecnológica. [S.l.], [20–?]. Disponível em: <http://dici.ibict.br/archive/00000508/01/VaniaLSGuedes.pdf>. Acesso em: 17 fev. 2012.

LANCASTER, F. W. Avaliação de serviços de bibliotecas. Brasília: Briquet de Lemos, 2004.

LANCASTER, F. W. Indexação e resumos: teoria e prática. 2. ed. rev. ampl. atual. Brasília: Briquet de Lemos, 2003.

LANGRIDGE, Derek. Classificação: uma abordagem para estudantes de biblioteconomia. Rio de Janeiro: Interciência, 2006.

LE COADIC, Yves-François. A Ciência da informação. 2 ed. rev. atual. Brasília: Briquet Lemos, 2004.

MACIEL, A. C.; MENDONÇA, M. A. R. Bibliotecas como organizações. Rio de Janeiro: Inter-Ciência, 2006.

MEY, Eliane Serrão Alves. Introdução à catalogação. Brasília: Briquet Lemos / Livros, 1995.

NEVES, Madalena Martins Lopes; KURAMOTO, Hélio (Org.). Organização da Informação: princípios e tendências. Brasília: Briquet, de Lemos, 2006.

OLIVERIA, Marlene de (Org.). Ciência da informação e biblioteconomia. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2005.

PAIM, Isis (Org.). A gestão da informação e do conhecimento. Belo Horizonte: ECI/UFMG, 2003.

PRADO, Heloisa de Almeida. Organização e administração de bibliotecas. 2. ed. rev. São Paulo: T. A. Queiroz, 2003.

PRADO, Heloisa de Almeida. Tabela PHA. 3. ed. São Paulo: T. A. Queiroz, 1984.

RIBEIRO, Antônia Motta de Castro Memória. AACR2 : Anglo American Cataloguing Rules, 2. ed. Brasília, 2001.

RIBEIRO, Antonia Motta de Castro Memória. Catalogação de recursos bibliográficos: AACR2R em MARC21. 3. ed. Brasília, 2006.

SILVA, Divina Aparecida da Silva; ARAUJO, Iza Antunes. Auxiliar de biblioteca: técnicas para formação profissional. Brasília: Thesaurus, 1994.

VERGUEIRO, Waldomiro. Qualidade em serviços de informação. São Paulo: Arte & Ciência, 2002.

WEITZEL, Simone da Rocha. Elaboração de uma política de desenvolvimento de coleções em bibliotecas universitárias. Rio de Janeiro; Niterói: Interciência, 2006.

Anúncios

3 thoughts on “Bibliografia proposta”

  1. Olá Sara, obrigada pela dica. Esse é fundamental, não o encontro mais, se souber de alguma livraria que ainda tenha exemplares, compartilhe conosco.
    Um Abraço.

  2. Sugestão de Bibliografia:

    ACCART, J.-P. Serviço de referência: do presencial ao virtual. Brasília, DF: Briquet de Lemos/Livros, 2012.

    ALMEIDA, M.C.B. de. Planejamento de bibliotecas e serviços de informação. 2. ed. rev. e ampl. Brasília, DF: Briquet de Lemos/Livros, 2005.

    ALVARES, L. (Org.). Organização da informação e do conhecimento: conceitos, subsídios interdisciplinares e aplicações. São Paolo: B4 Ed., 2012

    AMARAL, S.A. do. Marketing: abordagem em unidades de informação. Brasília, DF: Thesaurus, 1998.

    AMARAL, S.A. do (Org.). Marketing na ciência da informação. Brasília, DF: Editora da Universidade de Brasília, 2007.

    ANDRADE, D; VERGUEIRO, W. Aquisição de materiais de informação. Brasília, DF: Briquet de Lemos/Livros, 1996.

    ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. Normas sobre documentação. Rio de Janeiro, 1989-2012.

    BARBALHO, C.R.S.; BERAQUET, V.S.M. Planejamento estratégico para unidades de informação. São Paulo: Polis: Associação Paulista de Bibliotecários, 1995.

    CAMPELLO, B. Introdução ao controle bibliográfico. 2. ed. Brasília, DF: Briquet de Lemos/Livros, 2006.

    CAMPELLO, B.S.; CAMPOS, C.M. Fontes de informação especializada: cacterísticas e utilização. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 1993.

    CAMPELLO, B.S.; CENDÓN, B.V.; KREMER, J.M. (Org.). Fontes de informação para pesquisadores e profissionais. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2000.

    CARVALHO, I.C.L. A socialização do conhecimento no espaço das bibliotecas universitárias. Niterói: Intertexto; Rio de Janeiro: Interciência, 2004.

    CÓDIGO de Catalogação Anglo-Americano. Preparado sob a direção do Joint Steering Committee for Revision of AACR. 2. ed. Rev. 2002. Tradução para a lingual portuguesa sob a responsabilidade da FEBAB, São Paulo: FEBAB: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2004.

    CÔRTE, A.R. e; ALMEIDA, I.M. de (Org.). Avaliação de softwares para bibliotecas. São Paulo: Polis: APB, 2000.

    CUNHA, M.B. da. Manual de fontes de informação. Brasília, DF: Briquet de Lemos/Livros, 2010.

    DODEBEI, V.L.D. Tesauro: linguagem de representação da memória documentária. Niterói: Intertexto; Rio de Janeiro: Interciência, 2002.

    FIGUEIREDO, N.M. de. Avaliação de coleções e estudo de usuários. Brasília, DF: Associação dos Bibliotecários do Distrito Federal, 1979.

    FURRIE, B. O MARC bibliográfico: um guia introdutório. Brasília , DF: Thesaurus, 2000.

    GONÇALVES, A.L.F. Gestão da informação na perspectiva do usuário: subsídios para uma política em bibliotecas universitárias. Niterói: Intertexto; Rio de Janeiro: Interciência, 2013.

    GROGAN, D. A prática do serviço de referência. Brasília, DF: Briquet de Lemos/Livros, 2001.

    GUINCHAT, C. MENOU, M. Introdução geral às ciências e técnicas da informação e documentação. 2. ed. corr. e aum. Brasília, DF: IBICT, 1994.

    LANCASTER, F.W. Indexação e resumos: teoria e prática. 2. ed. Brasília, DF: Briquet de Lemos/Livros, 2004.

    LE COADIC, Y-F. A ciência da informação. Brasília, DF: Briquet de Lemos/Livros, 1996.

    MACIEL, A.C.; MENDONÇA, M.A.R. Bibliotecas como organizações. 1. ed. rev. Rio de Janeiro: Interciência; Niterói: Intertexto, 2006.

    MENDES, M.T.R. Cabeçalhos para entidades coletivas. Rio de Janeiro: Interciência; Niterói: Intertexto, 2002.

    MEY, E.S.A.; SILVEIRA, N.C. Catalogação no plural. Brasília, DF: Briquet de Lemos/Livros, 2009.

    OLIVEIRA, M. de. (Coord). Ciência da informação e biblioteconomia: novos conteúdos e espaços de atuação. Belo Horizonte: editora UFMG, 2005.

    PIEDADE, M.A.R. Introdução à teoria da classificação. 2. ed. Rio de Janeiro: Interciência, 1983.

    PRADO, H. de A. Organização e administração de bibliotecas. 2. ed. rev. São Paulo: T.A.Queiroz, 2003.

    SOUTO, L.F. Informação seletiva, mediação e tecnologia: a evolução dos serviços de disseminação seletiva da informação. Rio de Janeiro: Interciência, 2010.

    SOUZA, S. de. CDU: como entender e utilizar a 2ª. Edição-Padrão Internacional em língua portuguesa. Brasília, DF: Thesaurus, 2009.

    TAMMARO, A.M.: SALARELLI, A. A biblioteca digital. Brasília, DF: Briquet de Lemos/Livros, 2008.

    TARAPANOFF, K. Técnicas para tomada de decisão nos sistemas de informação. 2. ed. Brasília, DF: Thesaurus, 2000.

    VALENTIM, M. (Org.). Gestão da informação e do conhecimento no âmbito da ciência da informação. São Paulo: Polis: Cultura Acadêmica, 2008.

    VERGUEIRO, W. Seleção de materiais de informação: princípios e técnicas. 3. ed. Brasília, DF: Briquet de Lemos/Livros, 2010.

    WEITZEL, S. da R. Elaboração de uma política de desenvolvimento de coleções em bibliotecas universitárias. 2. ed. Rio de Janeiro: Interciência; Niterói: Intertexto, 2013.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Blog para concursos de Biblioteconomia

%d bloggers like this: