Arquivo de etiquetas: Conservação; restauração

Conservação e Preservação

Segundo Paul Conway (2001), em “Preservação no universo digital”, publicado pelo projeto cooperativo
Conservação Preventiva em Bibliotecas e Arquivos, quatro conceitos descrevem o contexto para ação de
preservação:

  • custódia;
  • importância social;
  • estrutura; e
  • cooperação.

Este último conceito é bem conhecido de bibliotecários que dispõem de poucos recursos e enfrentam dificuldades para selecionar os artefatos culturais que consideram valiosos, submetendo-se a critérios que nem sempre atendem à missão de suas bibliotecas. Nesse aspecto, a abordagem de cooperação mais reivindicada pelos bibliotecários e recomendada na literatura é a REGIONAL OU ENTRE PARES.

As estratégias recentes de gerenciamento de preservação consideram que uma ação de preservação deverá ser
aplicada a um item, com o objetivo de TORNÁ-LO DISPONÍVEL PARA O USO.

Fonte: Cesgranrio – Petrobras – 2010

 

Anúncios

Vunesp – 2011 – UNESP – Seleção de materiais de informação

Opção correta: C

A) Errado. De acordo com Waladomiro Vergueiro (2010) em “Seleção de materiais de informação”, p. 23, “as características físicas são muito importantes’.  “Verificará se a encardenação é resistente para uso em biblioteca, fazendo inclusive, uma estimativa de sua durabilidade e das possibilidades ou necessidades de futuros reparos. Analisará também a qualidade do papel…

B) Errado. Questão perigosa. De modo geral, os critérios precisam ser balanceados e não sobrepostos. Desse modo, não podemos dizer que o interesse e relevância do usuário são mais importantes, pois uma seleção baseada apenas na opinião da comunidade pode não ser precisa, mas está errado em dizer que se centra no conteúdo e não nos usuários.

C) Sim. De acordo com Waldomiro Vergueiro (2010), no critério Aspectos Especiais (relativos a aspectos adicionais do documento), “analisam-se a inclusão e a qualidade de bibliografias, apêndices, notas, índices, etc. Enfim, todos os elementos que contribuem para melhor utilização do documento”.

D) Errado. O critério Contribuição Especial (VERGUEIRO, 2010, p. 24) diz que “material algum será incorporado ao acervo por simples inércia, mas para torná-lo mais completo. Assim, é preciso que cada item seja analisado do ponto de vista de sua relação com os demais, verificando-se quanto contrabalança outros trabalhos…”

E) Errado. O Estilo é um critério que aborda a adequação ao usuário e procura identificar se é o adequado ao usuário-alvo. O exemplo dado por Vergueiro (2010, p. 23) é de que ninguém porá em dúvida a qualidade do estilo de Machado de Assis, mas pode-se discutir a adequação de alguns de seus livros para o público infanto-juvenil, como Dom Casmurro e Memórias Póstumas de Brás Cubas.

Contribuiu: F.M.