Arquivo de etiquetas: Indexação

Tipos de indexação

A extração de palavras e/ou expressões dos documentos é tarefa que os computadores executam de modo bastante
satisfatório. A extração automática apresenta nítida vantagem em relação à extração feita por seres humanos, pois
a maior parte da indexação realizada por seres humanos se constitui em indexação por ATRIBUIÇÃO (Fonte: Petrobrás – Cesgranrio – 2010 – Q11).

Indexação por atribuição é aquela que envolve a atribuição de termos a partir de uma fonte que não é o próprio documento. Esse tipo de indexação representa-se a substância da análise conceitual mediante o emprego de termos extraídos de um vocabulário controlado.

Indexação derivativa/ extração: palavras ou expressões que realmente ocorrem no documento são selecionadas para representar o seu conteúdo temático. Uma forma primitiva de indexação derivada é o UNITERMO, que emprega apenas termos formados por uma única palavra tirada do texto.

Indexação Seletiva: é a indexação que atribui ao documento uma quantidade de termos muito limitada, atribuindo apenas 5 termos a cada documento.

Indexação Exaustiva: é a indexação que, como o próprio nome já diz , é exaustiva, ou seja, o indexador poderá atribuir ao documento quantos termos ele achar necessário para representar o documento.

Indexação de Citação: é a indexação, chamada de acasalamento bibliográfico, que é quando o indexador indexa uma citação comum dois documentos ou mais. Este tipo de indexação mostra-se importante, quando um usuário faz uma busca por citação, ai ele irá recuperar todos os documentos que contenham tal citação.

Indexação Ponderada: é a indexação que , como o termo já define, atribui pesos aos termos, a fim de identificá-los como mais importantes em relação aos outros termos.

Fonte: http://http://dci.ccsa.ufpb.br/enebd/index.php/enebd/article/viewFile/12/16

 

 

Garantia bibliográfica

Garantia bibliográfica:

  • A adição de um cabeçalho de assunto em linguagem de indexação, com base na frequência de ocorrências, que representa o título ou o texto do documento indexado (Fonte: Prova Petrobras – Cesgranrio – 2010 – Questão 10);
  • 1) Termo cunhado em 1911, por Wyndham Hulme, bibliotecário britânico. É um dos “princípios básicos dos sistemas de classificação cujo enunciado indica que toda tabela de classificação ou toda estrutura  de conceitos deve estar respaldada por suas características, especificidade, os enfoques e terminologia com que é tratada a disciplina na documentação atual, antes que levem em conta os postulados teóricos. Deste modo, se estabeleceria uma coerência entre a disciplina tal como está desenvolvida nos documentos e o sistema de classificação correspondente. A garantia documental permite uma criteriosa seleção de conceitos a serem incluídos nas tabelas”.
  • 2) BIB/INDEX a adição de um cabeçalho de assunto numa linguagem de indexação, com base na frequência de ocorrências que representa o título ou o texto do documento indexado.

(Fonte: CUNHA, M. B.; CAVALCANTI, R. O. Dicionário de biblioteconomia e arquivologia. Brasília, DF: Briquet de Lemos/Livros, 2008)

CESPE – STJ/2004 – Indexação

73 – A resposta está ERRADA – a figura principal da ilustração é o USUÁRIO, como está bem nítido as ligações e os posicionamentos dos atores.

74 – Resposta CORRETA – Sem uma idéia correta sobre a necessidade da informaçao, todos os recursos a serem utilizados posteriormente configuram-se em ações vãs, baldadas.

75 – ERRADA – “… uso na estratégia de busca dos conceitos baseados nessas linguagens tem sido objeto de estudos com o objetivo de aprimorar os sistemas de recuperação da informação. Na recuperação da informação, utilizando-se bases de dados em cd-rom ou nos sistemas
conversacionais, a linguagem controlada caracteriza-se como a que é utilizada apenas nos campos de descritor, termos de indexação e identificadores, sendo que a linguagem natural abrange os termos do título e do resumo dos documentos referenciados. Por esse motivo, a estratégia de busca precisa refletir a necessidade de informação do usuário…

…a estratégia de busca pode ser definida como uma técnica ou conjunto de regras para tornar possível o encontro entre uma pergunta formulada e a informação armazenada em uma base de dados. Isto significa que, a partir de um arquivo, um conjunto de itens que constituem a resposta de uma determinada pergunta será selecionado. Entretanto, a escolha de qual banco/base de dados é o
mais adequado, a decisão sobre a linguagem a ser empregada, se a natural ou se a controlada, bem demonstra que o planejamento e execução de uma estratégia de busca envolve escolhas que irão determinar a obtenção eficaz daquelas informações específicas solicitadas pelo usuário ao serviço de informações. Para alcançar a resposta pretendida pelo usuário de informação, faz-se necessária
a execução de movimentos e operações táticas, ora restringindo os resultados alcançados, ora ampliando-os para a obtenção de informações mais relevantes, conforme o pedido de busca demandado.”

76 – ERRADA novamente. Quando se utiliza-se a linguagem natural não se despreza os termos livres. Aliás, atenção a termos como “desprezo”, “desconsidera” em provas, normalmente, são furada!

Paz, luz e sabedoria!

Contribuiu: Allan Júlio

Vunesp – 2011 – UNESP – Indexação

De acordo com a NBR 12676/ 1998 – Métodos para análise de documentos – Determinação de seus assuntos e seleção de termos de indexação, “4.1.1 A indexação consiste basicamente nos três estágios seguintes que, na realidade, tendem a se sobrepor:

a)      Exame do documento e estabelecimento do assunto de seu conteúdo;

b)      Identificação dos conceitos presentes no assunto; e

c)       Tradução desses conceitos nos termos de uma linguagem de indexação”.

Dica: NBR12676 = Examinar, Identificar, Traduzir

Contribuiu: F.M.

Vunesp – 2011 – UNESP – Indexação

Opção correta C

A= errado – não há signos em LD! Apenas decodificação! Traduzir um texto científico em linguagem documentária é (grosso modo) substituir palavras da linguagem natural (utilizadas no texto) em termos preferidos, ou seja, em descritores de um sistema de indexação.É uma linguagem construída e seus conceitos têm com relações de dependência. Contribuiu: Jaça.

B= errado, a possibilidade de combinar termos no momento da pesquisa é uma vantagem da linguagem pós-coordenada

C= correta, Lancaster afirma isso no “Indexação e resumos”

D= errado, a linguagem controlada não oferece “maior liberdade”, pelo contrário, ela controla os termos de entrada

E= errado – A redução do tempo de pesquisa em base de dados, configura-se em uma vantagem, e não em uma desvantagem. “poupe o tempo do leitor”, já diria Ranganathan. A “pegadinha” está ao afirmar (corretamente) que a desatualização do vocabulário configura-se em uma pseudo-desvantagem. Contribuiu: Allan Júlio.

Contribuiu: L.C.

Vunesp – 2011 – UNESP – Indexação

Opção correta B
Fatores que influenciam a qualidade da indexação, segundo Lancaster (2004):

Ligados ao Indexador
• Conhecimento do assunto;
• Experiência;
• Concentração;
• Capacidade de leitura e compreensão.

Ligados ao documento
• Conteúdo temático;
• Complexidade;
• Língua e linguagem;
• Extensão;
• Apresentação e sumarização.

Fatores ambientais
• Calor/Refrigeração;
• Iluminação;
• Ruído.

Ligados ao vocabulário
• Especifidade/Sintaxe;
• Ambiguidade/Imprecisão;
• Qualidade do vocabulário de entradas;
• Qualidade da estrutura;
• Disponibilidade de instrumentos auxiliares afins.

Ligados ao “processo”
• Tipo de indexação;
• Regras e instruções;
• Produtividade exigida;
• Exaustividade da indexação.

Contribuiu: L.C.